De acordo com os princípios orientadores e os objetivos da Educação Pré-escolar e do Ensino Básico definidos na Lei de Bases do Sistema Educativo, o Colégio pretende proporcionar condições para o desenvolvimento das diferentes dimensões do ser humano, quer sejam éticas, estéticas, políticas, físicas, cognitivas, afetivas, sociais ou de cidadania. Pretende-se, ainda, que os Alunos desenvolvam competências para uma intervenção crítica e reflexiva, contribuindo para o desenvolvimento do seu país e do mundo.

A realização destes princípios implica a intervenção participada de todos, em particular dos Alunos, que devem ser incentivados a encontrar condições para a intervenção permanente no processo educativo, quer seja na organização das atividades da turma, quer na organização de espaços e atividades do Colégio.

O Regulamento subentende ainda que o Colégio esteja aberto à inovação, a processos educativos que motivem os Alunos para as atividades curriculares e extracurriculares, que desenvolvam neles o espírito crítico, a autonomia, a criatividade e a capacidade interventiva. Neste sentido, são importantes as metodologias utilizadas na sala de aula, os recursos disponíveis, as atividades extracurriculares e os projetos que o Colégio implementa.