28 de maio a 1 de junho

 

 

2ª Feira

3ª Feira

4ª Feira

6ª Feira

SOPA Creme de legumes  Juliana de legumes Alho francês Creme de coentros
PRATO Arroz à valenciana (frango, porco, salsicha fresca, ervilhas e cenoura) com salada de alface e tomate Gratinado de atum com salada de tomate e milho  Vitela estufada com cenoura, arroz branco e salada de alface e tomate Strogonoff de frango com esparguete e salada de alface e cenoura ralada

Dieta

SOPA Creme de legumes    Creme de cenoura Creme de cebola  Creme de coentros
PRATO

 Bife de frango grelhado com arroz branco e brócolos

Peixe-espada grelhado com batata cozida e brócolos  Hambúrguer grelhado com arroz branco e couve-flor  Bife de frango grelhado com esparguete e couve-flor

Sobremesa

sobremesa Fruta da época Maça assada Fruta da época Fruta da época

Lanche

lanche Leite simples + pão de mistura com chocolate Iogurte de aromas + pão de água com fiambre Sumo de fruta + pão de mistura com queijo Leite simples ou achocolatado + bolacha Maria + peça de fruta

Documento PDF. Abre em nova janela.Nota importante: Por motivos de força maior, a ementa poderá sofrer alterações.

 

Valor calórico (Kcal)

 

2ª feira

3ª feira

4ª feira

6ª feira

Sopa

94

89

88

74

Sopa dieta

94

76

80

74

Prato

499

526

466

579

Prato dieta

377

302

369

369

Sobremesa

70

106

70

70

Lanche

270

243 a 258

221 a 239

276 a 302


Tabela de Alergénios

 

 

2ª feira

3ª feira

4ª feira

6ª feira

Sopa

-

-

-

-

Sopa dieta

-

-

-

-

Prato

Sulfitos, mostarda

Peixe,

-

Leite e lactose e seus derivados, glúten

Prato dieta

-

Peixe

-

Glúten

Sobremesa

-

-

-

-

Lanche

Leite e lactose e seus derivados, glúten, frutos de casca rija

Leite e lactose e seus derivados, glúten

Leite e lactose e seus derivados, glúten

Glúten, leite e lactose e seus derivados, soja, sulfitos, sementes de sésamo

Curiosidade da semana

 

Durante anos, o consumo de ovos era desaconselhado por supostamente aumentar os níveis de colesterol no sangue. No entanto, estudos feitos nos últimos anos apontam para o contrário. O ovo deixou de ser o vilão da saúde do coração e foi finalmente absolvido dessa injusta acusação de aumentar o colesterol.

A fácil digestão, as qualidades nutricionais e as suas proteínas de alto valor biológico fizeram com que o ovo fosse introduzido habitualmente na alimentação de pessoas de todas as idades. O seu consumo deve, em todo o caso, ser feito de acordo com as necessidades individuais de cada organismo. Por exemplo, quem pratica actividade física regular, pode e deve consumi-los com mais frequência, para potenciar o aumento e manutenção da massa muscular. O ovo é dividido em duas partes: a gema e a clara. A gema possui vitamina A (responsável por uma pele saudável), vitamina D (em maior quantidade do que no fígado ou no bacalhau), a colina (fundamental para o cérebro e músculos), a luteína e zeaxantina (dois antioxidante importantes na prevenção da cegueira) e colesterol responsável pela redução do mau colesterol. A clara do ovo possui proteína (albumina), nutricionalmente conhecida como proteína padrão, onde encontramos os nove aminoácidos não produzidos pelo nosso organismo. Por ser um alimento de alto valor biológico, a relação entre a quantidade ingerida e a quantidade absorvida é uma das melhores entre as proteínas animais, além de revelar-se uma importante fonte de minerais. Não contem lactose nem gordura.

O valor nutritivo do ovo não se altera com o cozimento, porque as suas proteínas, quando exposta ao calor, ao invés de se dispersarem, coagulam-se e são melhor aproveitadas no preparo de diversos pratos.

O ovo ajuda o desenvolvimento infantil logo, se não fores alérgico, poderás consumi-lo na substituição de pratos de carne ou peixe!


Filipa Lindim


 

 

Colégio da Bafureira

SEDE:Rua Dr. Camilo Dionísio Álvares, 585
2775-177 Parede
Polo 1:Rua Dr. Camilo Dionísio Álvares, 801
2775-373 Parede

Tel. +351 214 571 027
Fax. +351 214 580 512

contato@colegiodabafureira.pt